Quackwatch em português

 

Aromaterapia: Faturando Alto com as Fragrâncias 

Stephen Barrett, M.D.

Aromaterapia -- algumas vezes chamada de terapia dos aromas -- é descrita por seus proponentes como "o uso terapêutico de óleos essenciais de plantas." A palavra "essencial" não se refere ao valor nutricional mas aos componentes voláteis, aromáticos que são a "essência" da planta. Óleos essenciais são referidos como substâncias altamente concentradas extraídas das flores, folhas, caules, frutos e raízes, e também destilados de resinas. Alega-se que eles contêm hormônios, vitaminas, antibióticos e anti-sépticos e representam a "força vital", o "espírito" ou a "alma" da planta [1]. Os óleos são administrados em pequenas quantidades através de inalação, massagem ou outras aplicações na pele. Ocasionalmente, um produto é usado internamente. Os produtos incluem difusores, lâmpadas, cerâmicas, velas, pingentes, brincos, xampus, cremes para pele, loções, sais de banho e gels para o chuveiro. A Health Foods Business estima que o total de produtos da aromaterapia vendidos através de lojas de alimentos-saudáveis foi de cerca de 59 milhões de dólares em 1995 e 105 milhões em 1996.

A Aroma Vera, Inc., de Los Angeles, alega que "os óleos essenciais têm o poder de purificar o ar que respiramos ao mesmo tempo que relaxam, estimulam, aliviam ou aguçam nossos sentidos . . . um antídoto maravilhoso para a poluição do ar e para o desequilíbrio do 'olfato' da vida moderna." Também alega que inalar as fragrâncias "equilibra o pano de fundo biológico," "revitaliza as células" e produz um "forte efeito energizante sobre o sistema nervoso simpático." Outras alegações no folheto da companhia incluem:

Nome do Produto Destaques/Benefícios Alegados
Calming Proporciona uma ligeira sensação de euforia - perfeito para se soltar após um dia estressante
Clear Mind Revigora e estimula a mente, deixado-a mais alerta
Drainer/Detoxification  Promove a eliminação de toxinas, ajuda a tonificar e firmar o corpo
Meditation Facilita o relaxamento profundo
Mental Power Desenvolvido para suster poder intelectual e de concentração
Purifier Ideal para livrar o ambiente de fumaças e odores ruins
Respiration Ajuda a abrir os pulmões e melhorar a respiração
Sacred Ajuda a abrir centros energéticos mais elevados
Slimming/Circulation Promove a circulação e encoraja a eliminação do excesso de fluidos

Joint Adventure, de Rogers, Arkansas, afirma que os óleos essenciais podem ser usados para "muitos propósitos diferentes desde pé de atleta até iluminação mental e quase todo ponto entre os dois!" Os produtos em seu catálogo de 1997 incluíam Love Potion, Germ Immune e Smoker's Remedy. Alega-se que o Tropical Sun "Melhora a circulação e aquece seu corpo . . . ajuda combater infecções ao mesmo tempo que fortalece o sistema imunológico."

Outra companhia alicia com a promessa da aromaterapia como "uma disposição alternativa, como uma regeneração biológica associada ao relaxamento, alívio do estresse, concentração e meditação." Já outra descreve os óleos como "uma alternativa às drogas sintéticas para sentir-se bem." Um praticante alegou que a técnica "se destina ao sistema nervoso e aos campos energéticos do corpo. Tranqüiliza o corpo, limpa o corpo, clareia o corpo e tonifica o corpo." O livro The Complete Book of Essential Oils and Aromatherapy, de Valerie Ann Worwood, afirma que há cerca de 300 óleos essenciais e que eles constituem um sistema médico extremamente eficaz. O site Beyond Aromatherapy tem afirmado (alegadamente citando Hipócrates) "Existe um remédio para cada doença a ser encontrado na natureza." Seu catálogo on-line inclui descrições de "usos benéficos antigos," correspondência astrológica e características da medicina chinesa de mais de 80 óleos essenciais. 

O Aromatherapy for Common Ailments, de Shirley Price, faz uma lista com quais óleos devem ser usados em mais de quarenta problemas, incluindo depressão, problemas de desejo sexual, bronquite, pé de atleta, hipertensão, cistite, piolhos de cabeça. Sua tabela identifica de três a nove óleos "que provavelmente auxiliarão" na resolução de cada problema: Ela reafirma:

Com a aromaterapia auto-ajuda, você estará usando óleos recomendados para uma doença ou um tratamento preventivo em particular, mas não deve levar muito tempo até descobrir qual deles funcionará melhor para você de maneira individual, particularmente visto que o simples fato de gostar do aroma de um óleo pode indicar que ele ajudará você.

The Aromatherapy Workbook mapeia mais de uma centena de aplicações terapêuticas. O autor Marcel Lavabre sustenta:

Mesmo que possa aliviar sintomas, a aromaterapia primariamente visa curar as causas da doença. A principal ação terapêutica dos óleos essenciais consiste em fortalecer os órgãos e sua funções, e agir sobre os mecanismos de defesa do corpo. Eles não trabalham pelo corpo; eles ajudam o corpo a fazer seu próprio trabalho e deste modo não enfraquecem o organismo. Suas ações são realçadas por todas terapias naturais que visam restaurar a vitalidade individual.

A American Alliance of Aromatherapy, uma associação da classe, publica trimestralmente o Journal of Aromatherapy para manter os leitores informados das pesquisas, livros e notícias pertinentes. A American Aromatherapy Association oferece "certificados" baseados na freqüência em dois de três fins-de-semana mais o envio de uma tese que inclui estudos de caso. O curso inclui certos tópicos como métodos internos de tratamento, óleos essenciais na cura, manejo de problemas comuns de saúde e como se auto-promover. A International Association of Aromatherapists "credenciou" um curso por correspondência com duração de onze meses com seis seminários e dois exames finais. A Conclusão do programa garante um "certificado" de "Aromaterapeuta." Os Aromatherapy Seminars, a divisão educacional da Aroma Vera, oferece "certificados em cinco dias" e outros cursos e alega ter mais de 3500 terapeutas formados. A National Association for Holistic Aromatherapy patrocina conferências e publica o Scentsitivity Quarterly.

O FDA (Food and Drug Administration, órgão do governo norte-americano que regulamenta os medicamentos e os alimentos) regulamenta perfumes como cosméticos, que são definidos como "artigos para serem inseridos no ou de outra forma aplicados ao corpo para limpar, embelezar, promover atratividade ou alterar a aparência." Uma alegação geral que o aroma de um perfume é bom ou benéfico é uma alegação cosmética que não exige a aprovação do FDA. Em 1986, a agência advertiu que comercializar uma fragrância com uma alegação terapêutica ou preventiva faria do produto uma droga sujeita a ação reguladora. Apesar de diversos fabricantes terem feito isto, o FDA não os fez pararem. 

Uma ação judicial individual pode ter algum impacto. Em 1997, o advogado Morsé Mehrban de San Diego entrou com uma ação cívil acusando que a Aroma Vera violou o Código de Profissões e Negócios da Califórnia por fazer anúncios com mais de 70 alegações falsas sobre vários produtos. Mehrban contesta que os produtos possam promover a saúde e o bem-estar, relaxar o corpo, relaxar a mente, acentuar o humor, purificar o ar, sejam antídotos para poluição do ar, alívio da fadiga, tonificar o corpo, nutrir a pele, promover a circulação, aliviar cólicas femininas ou fazer várias outras coisas alegadas pela companhia. A ação busca restituição para os consumidores, suspensão destas alegações e pagamento justo dos honorários do advogado e custas do processo. O National Council Against Health Fraud está atuando como queixoso no caso. Em 1998, o juiz do processo determinou que o Conselho não tinha nenhum depoimento anexar aos autos do processo e não seria possível demonstrar que havia uma probabilidade que o público pudesse ser enganado pelo anúncio em questão, porque ele não produziu qualquer vítima enganada. Esta corte concluiu que "de modo a provar uma acusação por propaganda enganosa, um queixoso precisa somente mostrar que o público está provavelmente sendo enganado." [2]

A aromaterapia tem a maioria dos atributos necessários para prosperar no mercado do charlatanismo. Entretanto, até aonde eu sei, seus defensores não estão pressionando para a inclusão no seguro nacional de saúde . 

Referências

1. Berwick A. Holistic Aromatherapy: Balance the Body and Soul with Essential Oils. St. Paul, MN: Llewellyn Publications, 1994.
2. Court of Appeal of the State of California, Second Appelate District, Division Five. National Council Against Health Fraud, Inc., v. Aroma Vera, Inc., et al. Superior Court No. BC183903. August 10, 1999.

Quackwatch em português | Na mídia

Este artigo foi revisto no site original em 1° de setembro de 1999. 1