Quackwatch em português

Uma Cura Falsa da Calvície

Stephen Barrett, M.D.

A calvície padrão masculino é responsável por 95% de toda a perda de cabelo em homens e também ocorre em mulheres. Apesar de uma causa específica não ter sido identificada, está provavelmente relacionada com fatores hereditários (especialmente entre os caucasianos), um excesso de hormônios masculinos (androgênios) tais como a testosterona, e possivelmente ataques contra os folículos pilosos do couro cabeludo pelo sistema imunológico do corpo. Deficiências nutricionais não são um fator.

PESQUISADORES DESCOBREM O SEGREDO PARA INTERROMPER A CALVÍCIE HEREDITÁRIA - Taxa de sucesso de 80% em experimentos conduzidos por famosos médicos europeus.

Este anúncio apareceu na edição de agosto de 1980 do Body Forum, publicado por A. Glenn Braswell. Foi um dos muitos que ele usou para comercializar tabletes e loções de vitaminas como remédios para a calvície durante o final dos anos 70 e início dos 80. Braswell provavelmente detém o recorde como a pessoa contra quem o Serviço Postal registrou o maior número de reclamações por exposições falsas relacionadas à saúde. Como um funcionário do Serviço Postal dos EUA sumarizou em uma audiência no Congresso em 1984:

Cento e trinta e oito reclamações de exposições falsas foram registradas contra 50 produtos cosméticos-medicinais diferentes comercializados pela Braswell, Inc., através de uma grande quantidade de endereços em Atlanta, Georgia e Fort Lauderdale, Flórida. Estes casos foram concluídos através de 32 ordens de exposição falsa e 15 acordos. Entre os produtos vendidos pela Braswell haviam preparações anti-envelhecimento e tratamentos para a calvície. A evidência em um caso revelou que a Braswell recebeu cerca de 2 milhões de dólares por um tratamento inútil para a calvície em um período de seis meses. O sr. Braswell confessou-se culpado pelas acusações de fraude no correio envolvendo a falsificação de fotografias publicitárias do antes e depois que tinham a intenção de revelar os resultados de desenvolvedores de seios, produtos de crescimento capilar e cosméticos, e foi sentenciado a um regime de cinco anos de liberdade vigiada [N.T.: no original probation]. Ele também foi sentenciado a um regime de três anos de prisão por evasão do imposto de renda federal e por acusações de perjúrio desenvolvidas durante nossa investigação de fraude no correio. [1]

Na audiência, Braswell disse que sua corporação tinha provavelmente embolsado mais de 75 milhões de dólares em 12 anos. A Body Forum, uma revista de boa qualidade gráfica mas de pouco mérito literário, recheada de anúncios e conteúdo de apoio nos editoriais, foi uma de suas armas de venda. Uma assinatura gratuita de 18 meses foi dada com a compra de no mínimo US$ 9,50 em produtos da Braswell.  

Atividades Recentes

Braswell parece ter retornado aos negócios dos pedidos pelo correio. Desde 1995, ele tem sido listado como editor-chefe do Journal of Longevity Research, uma revista cuja estrutura é similar àquela do Body Forum. Um ano de assinatura custa US$ 39,95 mas é dada gratuitamente aos compradores de qualquer produto da Gero Vita International, de Toronto, Canadá, que comercializa produtos pelo correio nos Estados Unidos e Canadá. A companhia também está operando como Life Force Laboratories. O comitê de conselheiros da revista inclui promotores bem-conhecidos do charlatanismo. Alguns dos produtos podem ser eficazes (apesar do preço alto), mas muitos são promovidos com alegações falsas. Em 1995, a Divisão Nacional de Publicidade do Council of Better Business Bureaus, Inc. anunciou que a Gero Vita International fracassou em substanciar seus anúncios para as Pílulas Anti-Envelhecimento GH3, destacando as seguintes alegações:

O FDA baniu a importação para os EUA de todos os produtos da Gero Vita comercializados com alegações de que podem prevenir ou tratar doenças [3].

Referências

1. Nelson CP. Statement presented on May 31, 1984 to the United States House of Representatives, Select Committee on Aging, Subcommittee on Health and Long-term Care. In Quackery: A $10 Billion Scandal (2 volumes). Washington, DC: US Government Printing Office, 1984, pages 137-138..
2. NAD requests discontinuance of advertising for anti-aging aill. News release, Council of Better Business Bureaus, June 2, 1995.
3 FDA Import Alert #66-441. Unapproved New Drugs Promoted In the U.S. Revised attachment, 3/19/99.

Quackwatch em português |||

Este artigo foi revisto no site original em 20 de outubro de 1999. 1