Quackwatch em português

 

Dicas de Comunicação Médico-Paciente

Os consumidores inteligentes deveriam localizar e utilizar um médico primário (ou grupo médico) que proporciona uma assistência que seja científica, atenciosa e compassiva. Eles deveriam tomar um papel ativo em lidar com os profissionais de saúde. Eles devem procurar entender a natureza de qualquer problema de saúde pelo que estejam passando e os mecanismos e danos potenciais do tratamento. Não devem hesitar em perguntar sobre honorários ou pedidos de consultas para problemas complicados. 

Comunicação Eficaz

Quando consultar um médico, tente apresentar um relato detalhado e bem organizado dos sintomas presentes e história passada relevante. Antes de contatar o médico, pode ser útil preparar uma lista para guiar sua apresentação. Se há mais que um problema, comece com o mais importante. Se você tem uma preocupação em particular, mencione-a no começo de sua consulta. Se você está tomando algum remédio, ou escreva seus nomes e dosagens ou traga as embalagens originais para a consulta. Uma vez que os pacientes tipicamente esquecem muito do que lhes foi dito no consultório médico, tomar notas ou utilizar um gravador (com a permissão do médico) pode ser útil.

Os médicos sabem muito mais sobre medicina do que as pessoas leigas mas nem sempre são bons comunicadores. Podem ser autoritários ou mesmo protetores. Os pacientes não deveriam aceitar este comportamento. Os consumidores têm o direito de serem parceiros em sua assistência e a receberem uma explicação clara dos achados e tratamento proposto pelo médico. Não há qualquer razão boa para que um médico não possa oferecer isto. Um comentário amigável de que você deseja seguir os conselhos médicos apropriadamente normalmente estabelece a relação desejada. 

É importante que os sentimentos de medo, embaraço ou mesmo ressentimento não surjam para que não se criem barreiras entre o paciente e o médico. Faça um bom uso destes sentimentos compartilhando-os com o médico. Alguém que teme um exame ou é tímido em relação a partes do corpo deveria dizer isto. Desconfortos durante um exame é algo que o médico deseja saber. Se o médico fizer um rumor ou comentário que causa preocupação, pergunte o que significa. Não deixe que o medo ou o embaraço o impeça de mencionar um sintoma ou um problema que está lhe incomodando. Se você deseja discutir algo que você não quer que apareça em seu prontuário, peça ao médico para não escrever sobre isto. 

Se você tiver dúvidas em relação a um diagnóstico ou plano de tratamento, fale sobre isto. Se um tratamento em  particular for desagradável, o médico pode ser capaz de sugerir uma alternativa aceitável. Se necessário, uma consulta com outro médico deveria ser pedida. Similarmente, se o médico sugerir uma junta médica., o paciente deveria prezar esta preocupação e ser receptivo com a proposta.

Alguns defensores dos consumidores recomendam que se questione rigorosamente os médicos sobre a necessidade de testes diagnósticos e sobre alternativas para qualquer que seja o tratamento proposto. Entretanto, contestando tudo provavelmente estará antagonizando o médico e pode resultar em rejeição como paciente. A melhor abordagem é selecionar um médico que faça recomendações sensíveis e custo-benefício sem provocar. As perguntas podem então serem usadas para elevar sua compreensão ao invés de tentar sobrepujar os pensamentos do médico.

Dicas de Telefonemas

O uso apropriado do telefone pode ser de grande valor por facilitar a vida do médico ao mesmo tempo que ajuda o paciente a receber o melhor serviço. Antes de ligar para o consultório, leve um tempo para organizar seus pensamentos. Qual é o problema? Quando começou? Se há dor, ela vem e passa ou é contínua? Há alguma coisa que piore ou alivie a dor? Se há uma infecção ou qualquer outra razão para suspeitar de uma febre, deve ser medida a temperatura. Tente decidir se o problema é urgente. Antes de ligar, escreva uma pequena descrição de seu problema, o motivo para ligar, uma lista de sintomas, e não mais que três perguntas que você pode ter. 

Médicos ocupados freqüentemente recebem muitos mais chamadas do que poderiam possivelmente dar contar sozinhos. Então quando você ligar, não comece pedindo para falar com o médico. Em um consultório grande, as recepcionistas e enfermeiros são treinados para agrupar as informações necessárias para uma avaliação preliminar da situação. Estas pessoas normalmente sabem quais problemas podem ser resolvidos sozinhos e quais o médico precisa resolver pessoalmente. Após conversar com uma recepcionista ou enfermeiro, se você ainda acredita que é necessário falar com o médico, este é o momento para pedir. 

Quando telefonar, tenha um papel e uma caneta à mão para anotar quaisquer instruções. A memória humana é notoriamente cheia de falhas. Ligue o mais cedo possível durante o expediente. Assim o médico pode lidar com o problema mais eficientemente: os assistentes do médico estão à serviço para ajudar, e os hospitais e laboratórios estão aptos a prestarem seus melhores serviços.

Quando ligar para uma nova prescrição, saiba o número do telefone da farmácia. O pedido deve ser feito durante o horário do consultório do médico e antes de você tomar o último comprimido. Deste modo que o médico pode revisar o prontuário para ver se a medicação ainda é necessária, se a dosagem deveria ser mudada, etc. Tais revisões tornam a atenção médica mais segura. Se você telefonar fora do horário de atendimento do consultório, muitos médicos (especialmente aqueles que estão cobrindo o serviço de outro) pedem somente a medicação necessária para alguns dias. Que é a maneira mais segura na ausência do prontuário, mas aumenta o custo da medicação.

Lembre-se, a boa assistência médica deve ser uma parceria entre o paciente e o médico.


N.T.: De uma maneira geral as dicas deste artigo são relevantes ao Brasil, mas claro que algumas situações principalmente aqueles citadas na parte "Dicas de Telefonemas" não são comuns ou apropriadas seja culturalmente ou legalmente no Brasil. As farmácias nos EUA são diferentes das brasileiras, certos serviços como os mencionados no penúltimo parágrafo não são rotineiramente realizados no Brasil. Converse com o seu médico a respeito da melhor conduta neste sentido. 

Quackwatch em português       

1